terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

De bem com o diabetes

1 comment
   Nos últimos dias apareceram reportagens sobre o diabetes que foram de grande repercussão na mídia. A primeira foi da revista Isto É, falando sobre as novidades para o tratamento do diabetes que chegaram e estão para chegar no Brasil. Para ler a reportagem na íntegra, clique aqui. Apesar de não ser novidade para mim porque eu procuro estar sempre bem informada sobre o diabetes, achei a publicação bastante importante para informar a população brasileira sobre diabetes e tratamentos disponíveis.
  A segunda matéria foi no programa de tv Bem Estar da Rede Globo, onde mostrou 2 diabéticas que são usuárias da bomba de infusão de insulina. A matéria explicou de forma eficiente o que é diabetes tipo 1, o que é bomba de infusão de insulina e como se pode viver bem com diabetes. Para ver a reportagem, clique aqui
  O que eu tirei de mais importante dessas reportagens são duas coisas. A primeira é que todo diabético, seja ele tipo 1 ou tipo 2 deve se cuidar HOJE para poder aproveitar tudo o que ciência tem de novo para nos oferecer. O nosso controle glicêmico depende somente de nós mesmos. A responsabilidade é nossa. É minha. Eu sei o que eu preciso fazer para ter um bom controle glicêmico. Quando o controle está difícil, eu preciso tomar uma atitude para mudar, seja fazer mais dextros, anotar os resultados dos dextros e mandar para a minha endócrino, aumentar a insulina, diminuir a insulina... eu sou responsável pela minha saúde. O segundo ponto é que eu posso e sou feliz com diabetes, da mesma forma em que a moça da reportagem do Bem Estar é. Viver com diabetes é sempre fácil? Não, não é. Viver com diabetes é impossível? Não, não é. Viver com diabetes nos traz mais desafios? Sim, traz. Esses desafios são intransponíveis? Não, não são. Sabe de uma coisa? Isso se chama viver. Eu não conheço nenhuma pessoa que não tenha os seus desafios, suas lutas, suas aflições. Uns tem mais, outros tem menos, mas todo mundo tem. O que não podemos é assumirmos papel de vítimas. Nós somos responsáveis pela nossa saúde. Nós somos responsáveis pela nossa alegria, pela nossa paz. Eu sou feliz, muito feliz. Sou realizada. Me considero uma pessoa vitoriosa. Tenho joias inestimáveis na minha vida, sendo a minha família a mais preciosa de todas. 

fonte da imagem: http://goo.gl/7Kyfqz

  Termino esse post deixando um convite: que tal olhar hoje para todas as coisas boas que você tem na sua vida e renovar as suas forças para vencer as batalhas de cada dia?
   Abraços e até a próxima!
Comentários
1 Comentários

Um comentário:

  1. Elaine r . Guimarães29 de maio de 2014 11:31

    Olá Teresa bom dia!td bem quero lhe fazer uma visita,vc é daqui de sp mesmo? Meu fone (11) 975095136

    ResponderExcluir